A Influência das Cores nos Ambientes

As cores podem nos trazer várias sensações, elas podem nos estimular, animar, como também irritar, deprimir, angustiar e etc.

Atualmente a preocupação em tornar espaços e ambientes mais agradáveis fez com que se utilize cada vez mais o tratamento de cores.

A alta estimulação com uso de cores fortes, excesso de informação, visual e muito brilho podem interferir na concentração e causar fadiga. Ambientes com baixa estimulação visual e acromáticos (sem cor) são desconfortáveis.

Uma casa bem decorada e com a correta aplicação das cores, considerando sua luminosidade e saturação, reflete a personalidade do proprietário.

As cores saturadas podem ser usadas em alguns elementos desde que não ocupem a maior parte do campo visual, por exemplo, mesa, sofá, estantes e etc..

Cores claras: ampliam o espaço, porém, possuem característica de aproximação em direção ao observador, podendo limitar e consequentemente reduzir visualmente o espaço. Por exemplo, se você tem um corredor estreito e muito comprido, desejando diminuir seu comprimento, “aproxime” a parede do fundo pintando-a com cor clara. Desta forma o corredor parecerá mais curto, limitado.

As cores escuras possuem a característica de afastamento em direção ao observador, se num hall de entrada, a parede do fundo é muito próxima da porta, deixando o ambiente com pouca profundidade, pintando-a com uma cor escura você terá a impressão de que esta parede está mais afastada e a impressão será de ampliação desse espaço.

Em espaços altos, o teto deve ser da mesma cor das paredes ou um tom mais escuro para um rebaixamento maior, nos espaços baixos, o teto deve ter cor mais clara que as paredes ou de branco.

Na sala de jantar e cozinha, as cores que estimulam a fome são todas as cores “quentes”: amarelo, laranja, vermelho e ocre, cores “frias” como azul, lilás, roxo e tons de cinza inibem a fome.

O quarto é um espaço de descanso, relaxamento, por isso cores “frias” como tons de azul e lilás acalmam e ajudam a relaxar, o verde é uma cor estável, de equilíbrio, não estimula nem acalma. As cores “quentes” como tons de amarelo, laranja e vermelho devem ser utilizados com cautela, em pequenos detalhes de decoração para não causar agitação.

Os quartos de bebê pedem cores de tons pastel como bege, creme, rosa, verde, amarelo e azul claros, cores fortes podem deixar o bebê agitado. Nos quartos de crianças as cores fortes podem ser usadas nos detalhes, desenhos variados em meia-parede ou nos armários, misture cores claras e tons pastel com essas cores mais fortes. O teto pintado de azul-claro ajuda a criança a ter um sono tranquilo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Decoradora – Luciana Peixoto

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: